Críticas positivas ao meu livro de poesias

Por Daniel Amaral  

Eu, Daniel Amaral nasci na Lomba do Cavaleiro, Concelho da Povoação, na Ilha de São Miguel, Açores. Emigrei para os Estados Unidos em Fevereiro de 1957. Portanto até agora (2006) já tenho 48 anos de América, em East Providence, Estado de Rhode Island. Mas continuo com muitas saudades do meu lindo Concelho! Quase todos os anos tenho visitado a minha terra natal. Por isso nunca poderei esquecer o lugar onde fui nascido, onde passei a minha infância. Recordo a Igreja de Nossa Senhora Mãe de Deus, onde fui baptizado, onde  recebi a primeira comunhão, a confirmação e onde também realizei o meu matrimónio. Não esquecendo também o Centro Paroquial de São Pedro da Lomba do Cavaleiro.

Quando estamos longe da nossa terra sentimos uma saudade profunda que não é compreendida por quem nunca deixou a sua terra natal.  É por causa das grandes saudades que sempre senti pela Povoação, pelo seu povo e pela minha querida família que me inspirou para escrever e publicar um livro de poesias, muitas delas dedicadas à minha terra natal, cujo título escolhi: “Pérolas Poéticas Açorianas – Rosário da Saudade”. Sinto-me muito satisfeito porque o meu livro dignifica como merece todo o nosso Concelho da Povoação.

Eu como povoacense, ausentado nos Estados Unidos, há quase meio século, sempre envolvido culturalmente na nossa comunidade luso-americana senti grande satisfação quando em muitos lançamentos este meu livro foi tão bem recebido. Fui congratulado igualmente pelos Representantes Diplomáticos do Governo Português e ainda por muitas organizações culturais, pela comunicação social, pela rádio e televisão.  Devo acrescentar também por várias pessoas cultas em vários Estados da América. Recebi parabéns de Portugal Continental, dos Açores e do México.   

Ofereci exemplares do meu livro a todos os Autarcas da Ilha de São Miguel, incluindo Santa Maria. Enviei cópias também ao Presidente do Governo Regional dos Açores e à Directora das Comunidades Regionais Açorianas e ainda para todos os jornais dos Açores. Todos me escreveram a agradecer a minha oferta e todos me congratularam.

Felizmente as suas vendas já deram para pagar todas as despesas.

A minha maior satisfação à cerca do meu livro são as críticas positivas que recebi   dos jornais, da rádio da televisão e das grandes personagens da nossa Comunidade Portuguesa aqui  na  América.  Mas também posso informar que o meu livro está registado com Copyright na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos em Washington, D. C.

Em 2004 fui nomeado o “Poeta Popular do Ano”, no Estado de Rhode Island, durante as Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas! 

A Academia do Bacalhau da Nova Inglaterra ofereceu exemplares do meu livro a dezenas de Bibliotecas, Universidades,  Liceus e Museus nos Estados de Rhode Island e Massachusetts. Sinto orgulho em o meu livro continuar a marcar a cultura portuguesa na América, especialmente duma forma positiva a respeito do Concelho da  Povoação e dos nossos queridos Açores.